23 setembro 2010

A importância do retiro em nossa vida

Por que participar de um Retiro Espiritual? Qual a sua importância? O que ele traz de bom para a nossa vida? Qual a sua finalidade? Onde ele quer nos levar? Todas estas indagações invadem a vida de muitas pessoas. Parar um pouco e refletir sobre a própria vida tem sido uma dificuldade para os homens e mulheres do nosso tempo. O cotidiano das pessoas nos dias de hoje tornou-se um acúmulo de afazeres. As pessoas já não têm mais tempo para reorganizar a própria vida. Com isso, elas não encontram mais prazer e alegria nas coisas que fazem.
Photo Credit: Larra Jungle Princess
Jesus também experimentou o silêncio, a meditação e o caminho do deserto. Neste caminho aprendeu a “escutar”. Nos próprios evangelhos percebemos que Jesus se afastava das multidões para se entregar a um momento de contemplação e meditação. Sua vida pública iniciou dentro de um momento de oração e recolhimento no deserto. O mesmo aconteceu com os profetas (Elias, Ezequiel, Amós, e tantos outros). Foi num momento de silêncio que eles perceberam a voz de Deus. Na contemplação sobre o sentido da vida, os profetas sentiram o chamado de Deus e deixaram se tocar pelo silêncio, adquirindo assim forças para desempenhar com fé e coragem a missão que lhes fora confiada por Deus. Todos nós somos chamados a caminhar por este deserto. Nele, somos convidados a silenciar o nosso interior. Somos chamados a refletir sobre a nossa própria vida.
Vivemos hoje numa sociedade marcada pelo “barulho” que não nos permite escutar o nosso interior e, também, não nos permite falar de nós mesmos. Segundo Santa Terezinha, Deus sempre quer nos falar, mas para escutarmos é preciso deixar-nos tocar pelo Espírito. Diante do Espírito tudo se cala, somente Deus fala. Em outras palavras, as coisas tomam seu verdadeiro sentido quando são amadurecidas pelo “silêncio do Espírito”. O filósofo Blazer Pascal escreve: o homem foi feito para pensar e a dignidade do seu pensamento começa por si mesmo. Por isso, diante de tudo aquilo que o homem faz no seu cotidiano, é preciso afastar-se um pouco para meditar e pensar na grandeza de Deus. [O silêncio do homem em Blazer Pascal, p. 89]. Essa reflexão da vida contribui para o progresso significativo da vida do homem. 
Portanto, é bom deixar de lado a vida confusa e complicada e tomar como base primeira a oração, a meditação, a reflexão e o silêncio. Não tenhamos medo de renovar a nossa vida com este Deus que é misericórdia e compaixão. Que saibamos sempre privilegiar o Retiro Espiritual como um crescimento maduro e necessário para a nossa vida, e que seja este um bom momento para confrontar a nossa vida com a vida de Jesus. Que nos dias atuais, a velocidade das informações, do barulho e dos afazeres do dia-a-dia não nos impeça de tirar sempre um minutinho para ouvir, escutar e estar sempre com Deus. 
Por: Por Roni Hernandes 

Um comentário:

  1. tô precisando de um retiro espiritual... ouvir mais a voz do Senhor no silêncio e na meditação.

    Muito bacana esse artigo

    ResponderExcluir